sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Importancia do Desenho e Edição de Som.

Pois é galera, o som é um marco do cinema. Com o advento do som, muito susto e muita revolução nessa arte maravilhosa, foi causado. Chaplin por exemplo se recusou retratar seu
Carlitos em um filme com banda sonora. Este na verdade é a cara do filme mudo .
Do registro em rolo de fio metálico, passando pelo disco de vinyl, pelas bandas óticas, depois a magnética, e foi evoluindo , evoluindo, e temos hoje o tal do Dolby Surround 5.1 !! Eita nóis ! Mas aqui no Brasil , é um trem danado .
Tretou relou , e o som fica fica prá lá, sai de qualquer jeito. Mas como vivo disso, ou pelo menos tento, sou muito estrito e super exigente com isso. Pra mim tem que ser bom mesmo.

Estou postando aqui um exerto de uma cena que não vai ser usada , porque não valeu.
O vídeo é oriundo do meu video assist, que é em baixa resolução , apenas pra efeito de sync.

Recomendo o uso de bons alto falantes ou de um fone de ouvido para poder perceber todos os nuances do som editado.

Fase 1 : Audio captado na hora .
Percebam que está todo sujo, infelizmente o pessoal da equipe continuava conversando... (pô galera... se liga... ) , enfim, barulhos expúriuos, ventos e etc.

video

______________________________________

Fase 2 : Primeiro Tratamento : Eliminação dos ruídos.

Embora o som captado esteja todo sujo, tem coisas nele que serão utilizadas, por exemplo, o som do trem que passou, os passos sobre as folhas secas do nosso herói, o tilintar dos braceletes de nossa atriz, outros ruídos que fazem parte da cena, mas o restante não queremos, que o caso do vento e todos os outros ruídos. Se estivesse chuvendo, e esta não pertencesse a cena esse ruído também deve ser eliminado . Assim como um fotógrafo entende e "enxerga" a luz do seu filme , o engenheiro de som "ouve" o som de outra forma . Pensamos no timbre, ataque, compressão, filtros, hertz e etc , e isso para nós é apenas uma grandeza elétrica e é tratada como tal .
Assim retirados os ruídos que não queremos , o som fica assim :

video

______________________________________

Fase 3 : Segundo Tratamento : Composição do audio da Cena.

Ruídos indesejados eliminados fica só o que queremos. Embora limpo, perfeitinho, os sons que queremos, realçados, como o tilintar dos braceletes, o som do trem que passou, os passos sobre as folhas secas, precisamao agora de inserir o nosso heróis na cena. Como a cena é o ponto de vista dele, nesse caso seus passos tem que ser escutados em primeiro plano, pois é o principal na cena. Assim temos de produzir esses sons chamados de foley. Primeiro, ruídos de sapatos no cimento, depois ruídos de sapato no cascalho que aparece no chão.
Aí então fica assim :


video

______________________________________

Fase 4 : Terceiro Tratamento : Composição do audio do ambiente.

Os sons que queremos já estão prontos. O nosso Herói inserido, falta o ambiente. Embora a cena seja num beco, tres quarteiroes da rua mais proxima, no filme isso se dá na rua, ainda que pouco movimentada , nas na rua , inserido no ambiente de uma cidade. Assim inseri carros passando ao fundo, um helicóptero passa lá longe, , um carro buzina alí perto, permeado pelo zum zumzum do mundo ! Ainda resolvi incrementar o som do trem. Assim a ambiencia fica assim :


video

______________________________________

Fase 5 : Composição final - Dolby Stereo 2.1 :

Ruídos indesejados eliminados, personagem inserido, ambiencia inserida, fica então o som na sua composição final. Da mesma forma que na edição e feita toda uma complexa compsição da imagem, no tocante a pateta de cor, colorização, homogeinização, na hora da fotografia, compõe o quadro como ele imaginou sua estória, nós do som fazemos o mesmo. Agora som, ficou BUNITTO !!! ( o bunitto é meu, escrevo do jeito que quizer ... ).

Detalhe Essa cena de apenas 73 segundos demandou 7 horas de trabalho.

video

______________________________________

Thats all folks !!! Depois falo mais . Tem uns bastidores, que depois coloco aqui. É porque o assunto agora era sério mesmo .

Inté !! Leiam, comentem, participem .

Nenhum comentário:

Postar um comentário